REALCES

blog

Branco Cinza

Actualmente, neste troço do Rio Tejo é desolador olhar para as suas margens e águas, sem as espécies de avifauna, peixes e outras, resultado da poluição, pesca excessiva e das atuais alterações climáticas.

Há uns anos atrás este rio albergava uma grande variedade de espécies e com uma vegetação em perfeito estado de conservação, sem as espécies invasoras, que hoje proliferam no nosso território.

Francisco Calado

Projecto Realces